O  estudo  objetivou  compreender  o  risco  ocupacional  como  um  processo  simbólico  que  estrutura  as  atividades  diárias  dos  profissionais  da  área  de  saúde  que  manipulam  instrumentos  perfurocortantes.  Pesquisa  descritiva  realizada  em  um  hospital  universitário  com  dados  coletados  por  meio  do  levantamento  dos  acidentes  de  trabalho  no  Centro  de  Tratamento  Intensivo  adulto e na Lavanderia, pela aplicação de um questionário a 105 profissionais de saúde.

Os dados foram analisados por meio de uma perspectiva interdisciplinar para conciliar a análise quantitativa e qualitativa dos dados. Os resultados revelaram que, embora os dados indiquem baixo índice de acidentes, ainda é preciso aprimorar instrumentos como o mapa de riscos e o uso de equipamentos de segurança, bem como investir na capacitação das equipes.

descritores:

Riscos Ocupacionais; Equipamentos de Segurança; Acidentes de Trabalho.

INTRODUÇÃO

Os  trabalhadores  de  saúde  exercem  suas  atividades  laborais  em  ambientes  envoltos  a  riscos  ocupacionais,  os  quais  podem causar-lhes adoecimento e/ou acidentes de trabalho.

Acidente do trabalho é aquele que ocorre pelo exercício do trabalho, a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho dos segurados especiais, provocando, direta ou indiretamente, lesão corporal, doença ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.

Risco é definido por toda e qualquer possibilidade de que algum elemento ou circunstância existente num dado processo ou ambiente de trabalho possa causar dano à saúde, seja por meio de acidentes, doenças ou do sofrimento dos trabalhadores, ou ainda por poluição ambiental…

Veja matéria completa clicando no ícone abaixo: